Programa Arte Brasil - Tudo em Artesanato
Busque o passo a passo ou vídeo:  
Assista as Aulas
  O Programa
  Passo a Passo
  Sintonize o Canal
  Concursos
  Matérias
  Agenda
  Minha História
  Hist. do Artesanato
  Enquete
  Parceiros
  Fale Conosco
  Kits e DVDs
blank
blank
Orkut

Participe do nosso Orkut!
Twitter

Participe do nosso Twitter!

Facebook

Participe do nosso Facebook!

blank
Blog
Blog do Rogério Chiaravalli
blank
Compartilhe! Compartilhe!
blank
Cadastre seu e-mail conosco!
Minha História

 
Confira a História de vida de Claudia Maria
"Eu me interessei pelo artesanato desde a infância. Eu via minhas tias fazendo crochê e aquilo me encantava, até o dia que elas me ensinaram. Comecei a fazer meus trabalhos, mas não vendia, apenas fazia para a família e guardava para meu enxoval.

Meu início no tricô foi bem interessante. Tinha em torno de oito anos e um dia, a amiga de minha mãe me levou para as aulas de tricô que ela fazia. Eu fiquei encantada com as agulhas, com os movimentos das agulhas, achei tudo muito fascinante. A professora da aula me perguntou se eu sabia fazer, eu imediatamente falei que sim, então ela me deu um par de agulhas já com os pontos. Eu fiquei observando o que minha amiga fazia e eu fazia também igual, imitando-a, e não é que saiu uma tiara? Depois disso eu não deixei mais as agulhas, aliás, elas viraram companheiras.

Minha mãe sempre me deu a maior força, para que eu sempre aprendesse coisas novas. Depois de casada, meu marido sempre me apoiou e eu ficava tricotando, esperando ele voltar da faculdade. Fiz todos os casaquinhos dos meus filhos quando nasceram. Hoje, a minha família inteira me dá força e me incentiva para que eu continuasse com o artesanato.

Como profissional, eu comecei a fazer encomendas em 1977. Na época, meus filhos eram crianças. Eu recebia tantos pedidos que às vezes não conseguia atender a tantas encomendas, mas foi uma época ótima, era um complemento no orçamento da minha família. Hoje, meus crochês e tricôs são as minhas únicas fontes de renda.

Em 1989, fui convidada pela Casa da Cultura de Jundiaí para dar aulas em bairros, foi a minha primeira experiência como professora. Logo depois, comecei a dar aulas nas lojas de armarinhos, coisa que faço até hoje e sempre com as salas lotadas. Há muita procura, pois o artesanato, além de fonte de renda, também é recomendado pelos médicos como uma terapia. Por isso, este trabalho precisa ser mais divulgado, valorizado e reconhecido.

Espero que os estilistas brasileiros continuem a criar suas peças, sempre focando seus trabalhos para o artesanato, isso ajuda muito a valorizar todas as técnicas, em especial o tricô e o crochê. Os programas de TV também são um efetivo meio de comunicação que ajuda bastante nesta divulgação, por isso o Arte Brasil está de parabéns por essa iniciativa. Esse trabalho é muito importante para nós artesãs, deveria ter muito mais programa como o Arte Brasil e agora que faço parte dessa família, percebo que há uma grande procura pelo artesanato.

Eu diria às pessoas que estão começando, que entrem para esse mundo das artes e do artesanato. Vão encontrar muitas barreiras, dificuldade em comercializar os seus trabalhos, mas não desistam, sejam persistentes, não abandonem seus sonhos, pois a sensação de ver seu trabalho reconhecido, não tem preço, é maravilhoso, vale realmente à pena."
Fale com nossa Artesã(o)
claudia@lineaitalia.com.br
 
Saiba mais sobre os trabalhos e as técnicas desenvolvidas pela artesã
Claudia Marianas revistas...
 

Breve Lançamento

LINEA ITALIA TRICO E CROCHE 003

LINEA ITALIA TRICO E CROCHE 002
 


Programa Arte Brasil - Tudo em artesanato!